Você está aqui: Página Inicial / Sala de Imprensa / Entrevistas / CRA-PE Entrevista: Bruna Almeida

CRA-PE Entrevista: Bruna Almeida

Desta vez conhecemos um pouco sobre a Adm. Bruna Monteiro e sua trajetória.

O espaço de entrevistas do Conselho Regional de Administração de Pernambuco tem como objetivo explorar e apresentar perfis de profissionais da Administração com experiências, relatos e histórias de vida inspiradoras. Ao trabalhar com administração, o profissional possui um leque de inúmeras possibilidades de atuação, tendo a oportunidade de desenvolver múltiplas competências e habilidades.

Desta vez conhecemos um pouco sobre a Adm. Bruna Monteiro e sua trajetória:

Bruna Alves Monteiro de Almeida é administradora, e sua carreira é focada no alinhamento estratégico de pessoas, cultura, processos e estrutura. Formada em Administração de Empresas, em 2006, pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e possui MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2010. É Diretora de Pessoas e Organização na Auto Norte distribuidora de peças, onde conquistou o selo das Melhores Empresas para se Trabalhar em Pernambuco pelo GPTW nos anos de 2014, 2015, 2016, 2017, 2018, 2019 e 2020. Desde 2019 começou a dividir seu tempo como uma das idealizadoras e sócia do Espaço Mãetamorfose, grande centro de atendimento integral a saúde materno infantil que oferece médicos, profissionais especializados, atividades físicas, cursos, oficinas e grupos.

CRA-PE: Como surgiu seu interesse por cursar Administração, e posteriormente seu interesse pela área de Gestão de Pessoas?

Bruna Almeida: Durante a minha vida escolar, me via com o perfil de gerir as situações e meu dia a dia com facilidade. Participava da liderança de momentos chaves na escola, como representação de turma e jogos internos. Como faço parte de uma empresa familiar, a possibilidade de ajudar a geri-la sempre foi latente. Então, o curso de administração fazia sentido para as potencialidades que já apresentava desde a adolescência. Dentro da universidade meus olhos brilharam para área de gestão de pessoas, gosto de me relacionar e aprender estando em grupos. Quando iniciei meu estagio, não existia um setor de RH estruturado na empresa, me vi em um campo limpo para desenvolver um ótimo trabalho. A facilidade que tenho em comunicação me ajudou muito a conectar as pessoas ao propósito da Auto Norte que já era bastante fortalecido pela nossa cultura.


Bruna Almeida é a Diretora de Pessoas e Organização na Auto Norte distribuidora de peças.

CRA-PE: Qual a importância da sua formação acadêmica no seu desenvolvimento Profissional?

Bruna Almeida: Poder permear os diversos setores e conhecimentos em gestão através do meu curso foi decisivo para eu colocar em prática tudo aquilo que aprendi. O curso de administração amplia sua visão de negócio e aprimora seu lado profissional por se tratar de curso baseado em práticas e estudos de casos.
O leque de opções de área de atuação é bastante estimulante, pois abrange vários perfis comportamentais e profissionais. Muito difícil você não se encaixar dentro de tantas possibilidades. Poder ainda me especializar em uma desses pilares, como a gestão de pessoas, me proporcionou um mergulho profundo de autoconhecimento que levarei pra vida.

CRA-PE: Quais os desafios enfrentados por uma grande empresa como a Auto Norte, e de que forma as competências desenvolvidas como Administradora na área de Gestão de Pessoas têm se mostrado diferenciais, principalmente no momento de transformação que vivemos em decorrência do Coronavirus?

Bruna Almeida: Estamos vivendo um momento histórico relacionado a esta pandemia sem precedente, onde não só questões econômicas, políticas e sociais surgem de forma caótica, mas principalmente a saúde das pessoas e suas vidas são colocadas em cheque. A ansiedade, o medo, o estresse, as mudanças na configuração do trabalho e das equipes, o home office, e todas as incertezas se tornam um potente desafio da gestão de pessoas nas organizações. O cuidado com os colaboradores e seu entorno, como familiares, se apresenta ainda mais essencial.
Na Auto Norte além da necessidade de nos adaptarmos abruptamente às questões legais dos decretos e dos cuidados específicos com a higiene e saúde, precisamos enquanto RH acompanhar estrategicamente o processo acelerado de evolução tecnológica com ferramentas de trabalho remoto e on line, mexendo não só com a estrutura física como com a forma que as pessoas vivem e produzem. Essa transformação que em estado normal duraria meses foi feita em dias, trazendo outras configurações desafiadoras como o modo das pessoas se relacionarem dentro e fora do ambiente profissional. Essa “virtualidade” abre portas para muitas oportunidades produtivas, porém também carrega uma necessidade de olhar bem atento e mais afetivo das lideranças com seus times.
Diante de tudo, cuidar das pessoas tornou se ainda mais significativo. Não apenas por elas serem as forças motrizes principais do negócio, e gerarem melhores resultados quando se sentem acolhidas e cuidadas. Mas especialmente pela ânsia necessária de se ter o cuidado genuíno com a vida.

CRA-PE: Como surgiu a ideia de empreender com o Espaço Mãetamorfose? Como essa nova experiência, em um mercado tão diferente ao que estava acostumada, enriqueceu sua vivência como profissional?

Bruna Almeida: Minha sócia e parceira estava em busca de recolocação no mercado, e empreender era uma vontade latente. Quando ela veio com a ideia inicial do negócio, começamos a projetar o Espaço através da junção de nossas especialidades, ela publicitaria, eu administradora, e do conhecimento adquirido em nossas interações nas redes sociais, que proporcionaram uma rica pesquisa de mercado com o nosso público alvo. Nossas experiências pessoais de gestação, parto, pos parto e criação de filhos, nos guiou por todo o processo, e nossa forte rede de relacionamento nos ajudou a viabilizar o negócio que já iniciou “grande” com mais de 35 profissionais envolvidos diretamente, e mais de 20 especialidades. Montar um negócio do zero, e em uma área nunca experimentada, foi e continua sendo uma experiência sem igual. Novos relacionamentos foram criados, um aprendizado constante em termos de gestão estratégica e comercial, que não é a minha área de atuação na Auto Norte.

CRA-PE: Por fim, o que você tem a dizer aos colegas de profissão, seja na forma de conselhos ou palavras de incentivo, para continuarem buscando a excelência?

Bruna Almeida: Administrar um negócio, um setor, uma atividade, uma família e casa que seja, exige da gente uma visão sistêmica que precisa estar intimamente relacionada ao nosso propósito. Sinto a necessidade de aprimoramento e estudo constante, não só das minhas áreas de interesse, mas principalmente um aprofundamento em mim mesma. Autoconhecimento é a chave para abrir muitas portas em nossa profissão, e focando nisto, estamos indo além. Primeiro busque as respostas dentro de você, para se lançar cada vez mais inteira no mundo corporativo.

 

 

registrado em: , ,
Horários de Atendimento

teste

Atendimento